Sistemas
de alerta municipais

Sistemas
de alerta municipais

Sistemas
de alerta municipais

pavian_mesto

Por que instalar um sistema de alerta para cidades

Os sistemas de alerta municipais, tal como os sistemas de alerta público nacionais, são construídos contra qualquer ameaça geral, como inundações, incêndios ou outros desastres. A relação entre os sistemas de alerta nacionais e municipais é regulada pela legislação de cada país particular. Em alguns países existe apenas um sistema de alerta público, nos outros apenas os sistemas de alerta urbanas.

Por que instalar um sistema de alerta para cidades

Os sistemas de alerta municipais, tal como os sistemas de alerta público nacionais, são construídos contra qualquer ameaça geral, como inundações, incêndios ou outros desastres. A relação entre os sistemas de alerta nacionais e municipais é regulada pela legislação de cada país particular. Em alguns países existe apenas um sistema de alerta público, nos outros apenas os sistemas de alerta urbanas.

pavian_mesto

Descrição do sistema de alerta para cidades

O sistema de alerta municipal é projetado para permitir que o governo da cidade informe sobre quaisquer ameaças iminentes dentro de poucos segundos. Na maioria das vezes, a população está, em primeiro lugar, avisada do tipo de perigo, seguido pelas instruções adicionais, p. ex. o governo recomenda que as pessoas liguem qualquer dos meios de comunicação eletrónica.

O sistema de alerta é controlado a partir do centro de controle principal, equipado de software Vektra®, que permite – além do controle e monitoramento de sirenes e canais de comunicação – o apoio eficaz de processos que ocorrem no local de trabalho após o anúncio de emergência. Trata-se, em particular, da notificação automática e a convocação de pessoal competente (equipes de emergência e de crise, os componentes de resgate, as equipes de incêndio, etc.) ao local de trabalho pelo e do aviso às instituições relevantes de acordo com os planos de emergência. Dentro de poucos segundos, o sistema permite ativar qualquer sirene ou um grupo de sirenes (dependendo dos direitos de acesso) e em poucos minutos fornecerá o feedback sobre a ativação bem-sucedida do sistema. Em cidades maiores, é possível controlar as sirenes a partir do centro de distribuição dos bairros da cidade. O sistema é totalmente apoiado por baterias e funciona mesmo depois duma falha de energia. É possível operar todas as sirenes simultaneamente, os grupos de sirenes individuais localizados nos bairros, bem como cada uma delas separadamente.

A partir do centro de controle principal é possível controlar:

  • as próprias sirenes do sistema de alerta municipal
  • as sirenes privadas de sistemas de alerta autônomas administradas por entidades industriais ameaçadores
  • os sistemas de som de evacuação no interior de edifícios (por exemplo, em grandes centros comerciais) ou no ar livre em locais públicos (por exemplo nos centros desportivos) e sistemas de endereço público urbanos, se houver.

Para a comunicação entre os elementos individuais do sistema usam-se 2 linhas de comunicação:

  • A linha principal através da infraestrutura de rádio numa frequência de rádio dedicada. Trata-se da transmissão de instruções às sirenes, mas também reenvio de informações das sirenes sobre o estado delas.
  • A linha de reserva (por exemplo, através da comunicação via POCSAG, GPRS ou sistemas de satélite).

Os sistemas de alerta municipais consistem em:

  • o centro principal (superior) de aviso e de notificação municipal
  • os centros locais (subordinados) de aviso e de notificação dos bairros (em cidades maiores)
  • a infraestrutura de comunicação de rádio (no caso de cidades menores serão suficientes os modems de rádio nas sirenes)
  • sirenes eletrónicas tipo Pavian
  • as interfaces para os sistemas de alerta autónomos e para os sistemas de endereço público.
Sistemas de alerta municipais

Descrição do sistema de alerta para cidades

O sistema de alerta municipal é projetado para permitir que o governo da cidade informe sobre quaisquer ameaças iminentes dentro de poucos segundos. Na maioria das vezes, a população está, em primeiro lugar, avisada do tipo de perigo, seguido pelas instruções adicionais, p. ex. o governo recomenda que as pessoas liguem qualquer dos meios de comunicação eletrónica.

O sistema de alerta é controlado a partir do centro de controle principal, equipado de software Vektra®, que permite – além do controle e monitoramento de sirenes e canais de comunicação – o apoio eficaz de processos que ocorrem no local de trabalho após o anúncio de emergência. Trata-se, em particular, da notificação automática e a convocação de pessoal competente (equipes de emergência e de crise, os componentes de resgate, as equipes de incêndio, etc.) ao local de trabalho pelo e do aviso às instituições relevantes de acordo com os planos de emergência. Dentro de poucos segundos, o sistema permite ativar qualquer sirene ou um grupo de sirenes (dependendo dos direitos de acesso) e em poucos minutos fornecerá o feedback sobre a ativação bem-sucedida do sistema. Em cidades maiores, é possível controlar as sirenes a partir do centro de distribuição dos bairros da cidade. O sistema é totalmente apoiado por baterias e funciona mesmo depois duma falha de energia. É possível operar todas as sirenes simultaneamente, os grupos de sirenes individuais localizados nos bairros, bem como cada uma delas separadamente.

A partir do centro de controle principal é possível controlar:

  • as próprias sirenes do sistema de alerta municipal
  • as sirenes privadas de sistemas de alerta autônomas administradas por entidades industriais ameaçadores
  • os sistemas de som de evacuação no interior de edifícios (por exemplo, em grandes centros comerciais) ou no ar livre em locais públicos (por exemplo nos centros desportivos) e sistemas de endereço público urbanos, se houver.

Para a comunicação entre os elementos individuais do sistema usam-se 2 linhas de comunicação:

  • A linha principal através da infraestrutura de rádio numa frequência de rádio dedicada. Trata-se da transmissão de instruções às sirenes, mas também reenvio de informações das sirenes sobre o estado delas.
  • A linha de reserva (por exemplo, através da comunicação via POCSAG, GPRS ou sistemas de satélite).

Os sistemas de alerta municipais consistem em:

  • o centro principal (superior) de aviso e de notificação municipal
  • os centros locais (subordinados) de aviso e de notificação dos bairros (em cidades maiores)
  • a infraestrutura de comunicação de rádio (no caso de cidades menores serão suficientes os modems de rádio nas sirenes)
  • sirenes eletrónicas tipo Pavian
  • as interfaces para os sistemas de alerta autónomos e para os sistemas de endereço público.
Sistemas de alerta municipais

O centro principal de aviso e de notificação municipal

O centro principal de aviso e de notificação municipal consiste em um computador, equipado de software Vektra®, uma unidade de comunicação central para o controle de rádio das sirenes, e um hardware adicional que assegura a reserva, notificação e outra comunicação dentro do sistema. O sistema é totalmente apoiado por baterias e funciona mesmo depois de qualquer falha de energia. Permite o comando de todas as sirenes na cidade, incluindo aquelas que pertencem aos sistemas de alerta e aos sistemas acústicos de evacuação autónomos. O software Vektra® garante o controle permanente do estado de sirenes individuais e do estado de infraestrutura de comunicação. Após a declaração duma emergência apoia efetivamente os processos que ocorrem no centro, especialmente a notificação de pessoas e instituições competentes, e registra a comunicação de telefone e de rádio com a finalidade de análise posterior. O software utiliza todas as funções das sirenes eletrónicas tipo Pavian, em especial as suas funções de autoteste, que permitem a monitorização de todos os parâmetros importantes, bem como a realização dos testes “silenciosos” que revisam completamente ​​o funcionamento da sirene.

Centros de alerta e de aviso de bairros 

O centro de alerta e de aviso de bairro também pode ser equipado dum computador com o software Vektra® e permitir a mesma funcionalidade como o centro de alerta e de aviso municipal, ou apenas um módulo de controle local LCU15, que permite a ativação das sirenes no respetivo bairro, dependendo do seu tamanho e outros fatores relevantes.

Infraestrutura de comunicação de rádio

O canal de comunicação principal é geralmente um canal de rádio dedicado, mas também é possível usar o controle de satélite ou WiFi. O canal de rádio dedicado muitas vezes precisa apenas dos modems de rádio nas sirenes que são os módulos opcionais padrão. Estes permitem que cada sirene possa usar-se como uma estação de retransmissão, assim reduzindo substancialmente os custos de construção da infraestrutura de comunicação de rádio. Em cidades maiores e no terreno acidentado podem ser usadas as estações de retransmissão próprias ou as unidades de comunicação SMART. O uso da tecnologia WiFi requer a construção duma infraestrutura de comunicação separada, devido à gama limitada de transmissores. O uso da comunicação por satélite é muito fácil, porque requer apenas a utilização dum modem de dados por satélite dum fornecedor competente deste serviço na cada sirene. No entanto, os custos operacionais são relativamente elevados. O canal de controle de reserva é selecionado de acordo com as condições locais e com o tipo do canal principal de comunicação, com o qual ele não deveria compartilhar qualquer elemento comum.

 

Sirenes eletrónicas Pavian

Como elemento acústico final são usadas as sirenes eletrónicas tipo Pavian. Essas são projetadas de modo que a área povoada seja coberta por um sinal acústico com uma pressão acústica exigida. Na maioria dos países, é a legislação que define a área povoada e o valor da pressão acústica desejado dependendo do ruído de fundo de um respetivo território. No processamento de projetos acústicos, é necessário ter em conta as especificações dos bairros individuais e, por exemplo, efetuar medições num momento em que o ruído de fundo atinge o máximo para garantir a penetração do sinal suficiente. Em vista de exigências extremas em relação à fiabilidade do sistema de alerta e de aviso, é aproveitado praticamente todo o potencial funcional desta série de sirenes Pavian, sobretudo as suas funções de autoteste. Nas áreas sem acesso à eletricidade as sirenes podem ser alimentadas de energia solar através dos painéis solares.

As interfaces para os sistemas de alerta e os sistemas de endereço público autónomos

Na maioria dos países a obrigação de construir os sistemas acústicos de evacuação em caso de incêndios nos edifícios é incorporada diretamente na legislação. Em alguns lugares a legislação também incorpora a obrigação de ligar estes sistemas acústicos ao sistema de alerta nacional ou municipal para fornecer o som aos espaços no exterior. Devido à natureza da vida nas cidades e às propriedades de isolamento de som dos novos edifícios é possível aumentar significativamente a eficácia de advertência conectando os sistemas de som de evacuação e os sistemas de alerta municipais. A conexão dos sistemas de alerta autônomos construídos por entidades industriais ameaçadores também aumenta a eficiência das advertências.

Text Widget
Aliquam erat volutpat. Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Integer sit amet lacinia turpis. Nunc euismod lacus sit amet purus euismod placerat? Integer gravida imperdiet tincidunt. Vivamus convallis dolor ultricies tellus consequat, in tempor tortor facilisis! Etiam et enim magna.